Saúde

Os cuidados para evitar a dengue não podem parar

O mundo inteiro voltou suas atenções ao cuidado com a Covid-19. Já está comprovado o quanto o coronavírus pode ser perigoso. No entanto, não podemos nos descuidar dos cuidados para evitar a proliferação do Aedes Aegypti.

Um boletim epidemiológico do Ministério da Saúde aponta que o número de casos prováveis da dengue nas últimas semanas foi 19% superior aos notificados no mesmo período de 2019.

Por isso, é importante alertar a população que a prevenção também é a única forma de se evitar doenças como dengue, zika e chicungunya. A maior parte dos focos do mosquito está nos domicílios e as medidas preventivas envolvem o cuidado com o nosso quintal.

Em Itapetinga, até início de abril, foram notificados 139 casos de Dengue, sendo mais de 20 casos confirmados e 01 caso descartado.

O Programa de Combate a Febre Amarela e Dengue – PCFAD – está realizando o bloqueio da transmissão, aplicando inseticida por UBV Costal e UBV Pesado nos bairros que estão positivos. Além disso, o grupo promove o planejamento de atividades entre as equipes de controle de vetores e saúde da família, notificando e investigando casos através de busca ativa e articulação com a Atenção Básica, garantindo a coleta oportuna de amostras para sorologia e isolamento viral para os pacientes notificados a fim de subsidiar a tomada de decisões no território sobre ações de bloqueio de transmissão.

Faça a sua parte, aproveite a quarentena, fique em casa e limpe seu quintal.